top of page

Veja 5 ideias para fazer decoração de Natal com objetos reciclados

Sugestões de decoração natalina sustentáveis não apenas dão um toque especial à sua casa, mas também são gentis com o meio ambiente. Com um pouco de criatividade, é possível transformar materiais reciclados em encantadores enfeites que iluminarão a temporada festiva.


A antecipação na preparação para o Natal proporciona a oportunidade de explorar ótimas ideias de decoração sustentáveis. Utilizar objetos reciclados para decorar a árvore e a casa não apenas acrescenta charme, mas também demonstra um compromisso com a reutilização e a preservação ambiental.


Imagem: Pexels

Confira 5 sugestões para criar decorações natalinas com materiais reciclados:


Decorações com rolhas


Guarde as rolhas de garrafas de vinho e champanhe, fatie-as e pinte-as com cores festivas. Adicione um barbante para pendurá-las na árvore ou cole pequenos galhos de pinheiro no centro para criar mini guirlandas de Natal.


Bolas de Natal com revistas antigas


Reutilize revistas velhas para criar bolas coloridas de Natal. Corte tiras de papel de revista, enrole-as em pequenas esferas de isopor ou bolas de papel reciclado, cole-as e cubra com cola branca, purpurina ou neve artificial para um toque festivo.


Guirlandas de papelão


Use papelão de caixas antigas para recortar formas natalinas. Pinte e decore como desejar, depois cole em um barbante ou fita para criar uma guirlanda exclusiva para árvore ou paredes.


Decorações de tampa de garrafa


Transforme tampas de garrafas plásticas em adoráveis decorações. Pinte, decore com glitter, cole imagens natalinas recortadas de cartões antigos ou envolva com fios coloridos para padrões festivos.


Árvore de Natal com paletes de madeira


Se tiver acesso a paletes de madeira antigos, desmonte-os e use as tábuas para criar uma árvore de Natal rústica. Corte as tábuas em comprimentos diferentes para formar os galhos, monte em formato de cone, pinte ou envernize conforme sua preferência e decore com luzes e enfeites reciclados.



Fonte: O Petróleo

2 visualizações0 comentário
bottom of page