top of page

Como as semanas de moda podem promover a sustentabilidade?



Imagem: Marina Caldas - National Geographic Brasil

As semanas de moda, marcadas por suas extravagâncias e anúncios de tendências, estão cada vez mais sob atenção por sua abordagem em relação à sustentabilidade. Embora esses eventos continuem a desempenhar um papel vital na definição das direções da indústria da moda, a necessidade de uma abordagem mais ecológica torna-se fundamental.


A discussão sobre sustentabilidade na moda não é novidade, mas as iniciativas concretas para integrá-la nos desfiles ainda enfrentam grandes desafios. Stuart Vevers, diretor de criação da Coach, destaca a importância de os designers liderarem a mudança em direção à sustentabilidade, reconhecendo o impacto ambiental substancial da indústria da moda.

Os esforços para tornar os eventos de moda mais sustentáveis foram observados em alguns lugares, como na Semana de Moda de Copenhague, onde designers foram obrigados a cumprir requisitos rigorosos de sustentabilidade. No entanto, há limitações evidentes nessas mudanças, incluindo as emissões resultantes dos deslocamentos de participantes e o estímulo ao hiperconsumo.


A conscientização ambiental e crítica da sociedade também se reflete nas interrupções de ativistas durante eventos de moda. O grupo Extinction Rebellion, em 2023, levantou questões sobre o patrocínio de marcas poluidoras em eventos culturais.


Além disso, a falta de diversidade de corpos e escolhas sustentáveis nas passarelas é uma preocupação expressa por profissionais do setor, como a estilista Camila Lourenço. Ela destaca a necessidade de incorporar materiais menos poluentes, como o couro de fungos, e promover técnicas de criação mais sustentáveis.


A indústria da moda, para se tornar mais justa e alinhada com valores ambientais, precisa superar os desafios atuais. A mudança para práticas mais sustentáveis não apenas beneficia o meio ambiente, mas também pode impactar positivamente as condições de trabalho, como observado pela estilista e empreendedora Mirella Rodrigues.


Assim, enquanto os desfiles de moda continuam a ditar as tendências, a transformação rumo à sustentabilidade emerge como um elemento importantíssimo para a evolução positiva da indústria da moda, não apenas em termos de design, mas também em termos éticos e ambientais.


A Pampack, ciente da importância de práticas mais sustentáveis, não só na moda como em outros segmentos, destaca-se no compromisso ambiental ao desenvolver embalagens reutilizáveis, recicláveis e até mesmo biodegradáveis.



Fonte: Assessoria Pampack com informações de Carta Capital

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page